Antioxidantes, o que são? Qual é sua importância para nosso organismo?

Antioxidantes, o que são - Qual é sua importância para nosso organismo

 

O que são antioxidantes?

Nosso organismo conta com o seu próprio sistema de proteção e, em condições normais, naturalmente, neutraliza os agentes que podem provocar instabilidade em suas células.

Essa proteção natural do corpo humano ocorre através dos antioxidantes que são moléculas de defesa e manutenção celular.

Os antioxidantes são produzidos a partir de várias funções vitais do nosso corpo:

• Oxigenação feita através do ar que respiramos
• Hidratação realizada através da água que ingerimos
• Nutrição, consequência de nossa alimentação

Antioxidantes são substâncias capazes de atrasar ou inibir a oxidação de um substrato oxidável. O papel dos antioxidantes é proteger as células saudáveis do organismo contra a ação oxidante dos radicais livres.

Os antioxidantes são essenciais para a nossa saúde, pois através deles, nosso organismo se regenera e se recupera, revitalizando-se constantemente.

No sistema antioxidante endógeno são produzidas enzimas pelo nosso organismo e, no sistema antioxidante exógeno, ocorre a produção de substâncias resultantes da ingestão de alimentos.

Um antioxidante atua neutralizando os radicais livres, impedindo que eles oxidem nossas células. Mas você sabe o que são radicais livres?

Radicais livres são moléculas instáveis e que apresentam um elétron que tende a se associar de maneira rápida a outras moléculas de carga positiva com as quais pode reagir ou oxidar. No nosso organismo, os radicais livres são produzidos pelas células, durante o processo de queima do oxigênio, utilizado para converter os nutrientes dos alimentos absorvidos em energia. Os radicais livres podem danificar células sadias do nosso corpo, entretanto, nosso organismo possui enzimas protetoras que reparam 99% dos danos causados pela oxidação, ou seja, nosso organismo consegue controlar o nível desses radicais produzidos através do nosso metabolismo. Os processos metabólicos não são a única fonte de radicais livres. Fatores externos podem contribuir para o aumento da formação dessas moléculas. Entre esses fatores estão:

  • Poluição ambiental;
  • Raios-X e radiação ultravioleta;
  • Cigarro;
  • Álcool;
  • Resíduos de pesticidas;
  • Substâncias presentes em alimentos e bebidas (aditivos químicos, hormônios, entre outros);
  • Estresse;
  • Consumo excessivo de gorduras saturadas (frituras, etc).
LEIA TAMBÉM:  Óleo de Linhaça, seus benefícios e como ele atua no corpo

 

Importância dos antioxidantes para nosso organismo

Os antioxidantes protegem as células de danos na sua estrutura e previnem problemas como envelhecimento, doenças cardiovasculares, aterosclerose, câncer, Alzheimer e doenças pulmonares. Através deles, nosso organismo, diante dos desgastes do dia a dia, se recupera e regenera, em um processo constante de revitalização. È recomendável que todos os indivíduos consumam mediante a dieta ou de ser possível por meio do uso de algum suplemento; pois através dos antioxidantes, os radicais livres são neutralizados, impedindo que oxidem nossas células e, com isso, sejam deterioradas e, em consequência disso, nossos órgãos sejam prejudicados.

Em resumo os antioxidantes podem oferecer benefícios ao organismo tais como:

• Combater o estresse celular e os radicais livres;
• Agir como anti-inflamatório, reduzindo acne e rugas da pele;
• Manter a saúde da pele e ajudar no rejuvenescimento das células;
• Reduzir cicatrizes;
• Proteger a pele contra o dano solar;
• Prevenir contra doenças cardíacas;
• Reduzir a incidência de câncer;
• Melhorar a saúde do cabelo;
• Auxiliar na circulação do sangue.

Entre os alimentos descritos como antioxidantes mais potenciais se encontram:

• Cúrcuma
• Cacau
• Cenoura
• Chá verde
• Frutas cítricas
• Linhaça
• Espirulina
• Óleo de coco
• Ômega-3
• Tomate
• Alho
• Chlorella
• Mamão
• Uva (fruta e suco integral)
• Frutas vermelhas (mirtilo, jabuticaba, amora, romã)
• Brócolis
• Salsa
• Cebola (principalmente a cebola roxa)
• Batata-doce
• Açaí
• Melancia
• Melão
• Morango
• Curry (tempero indiano que contém açafrão)
• Açafrão (a cúrcuma é a raiz e o açafrão é a cúrcuma torrada)
• Nozes
• Espinafre
• Repolho
• Azeite de oliva
• Aveia
• Gergelim (sementes, farinha, pasta e óleo)
• Abobora (incluindo as sementes ,que são ricas em antioxidantes)
• Pepino
• Abacaxi
• Diversos chás (verde, cavalinha, dente-de-leão, sálvia).

LEIA TAMBÉM:  6 Vitaminas para Aumentar a Imunidade - Como Aumentar a Imunidade

 

Tipos de antioxidantes

Os principais antioxidantes presentes nos alimentos são: vitamina A, C, E, flavonoides, carotenoides, licopeno e ômega-3.

Vitamina A: É extremamente importante para a pele, auxilia na formação de novas células. O seu consumo mantém a pele firme e as suas células ativas em bom funcionamento, ou seja, atua na formação de colágeno e na renovação celular.

Vitamina C: É um poderoso antioxidante que combate a formação dos radicais livres. Ela ajuda as células do organismo a crescer e permanecer sadias, principalmente as células dos ossos, dentes, gengivas e dos vasos sanguíneos.

Vitamina E: Conhecida como um antioxidante biológico capaz de proteger as células dos efeitos nocivos dos radicais livres. Atua retardando o envelhecimento precoce e prevenindo contra a aterosclerose. Alguns autores descrevem a sua participação na prevenção do câncer de mamas.

Betacaroteno: Age como antioxidante auxiliando na proteção das células contra a ação dos radicais livres. Ainda, auxilia na manutenção saudável da nossa pele, diminui o risco de doenças coronarianas, acidente vascular cerebral assim como outros problemas de saúde relacionados à idade.

Licopeno: Participa retirando da circulação sanguínea elementos oxidantes, extremamente prejudiciais ao organismo, reduzindo assim a capacidade de ocasionar danos celulares. Também participa na prevenção de doenças cardiovasculares e melhora efetivamente a sensibilidade a insulina.

Ômega 3: É considerado uma gordura poli-insaturada, fundamental para o organismo. Sua composição conta com EPA – ácido eicosapentaenoico, que tem ação anti-inflamatória e melhora a circulação sanguínea – e DHA – ácido docosaexaenoico, que estimula o cérebro e a memória, além de ser um poderoso antioxidante.

 

Puríssimo 100% Óleo de Salmão Selvagem do Alasca

 

Conclusão

Tem se falado muito de antioxidantes e radicais livres, é certo, mas devido a sua importância para a saúde de nosso organismo, se faz necessário se manter atualizados, com frequência aparecem novos suplementos no mercado, diariamente são descobertas novas formas de manter uma vida mais saudável a traves de uma alimentação sana e livre de toxinas, que possa nos proporcionar cada vez mais e melhores benefícios para nossa saúde.

LEIA TAMBÉM:  Café Marita - A Nova Sensação do Mercado para Emagrecer

Pesquisas comprovam que os alimentos antioxidantes trazem uma série de benefícios na prevenção de diversas doenças crônicas não transmissíveis, como o câncer, isso porque esses alimentos aperfeiçoam o funcionamento das células de todo o corpo, se opondo aos efeitos prejudiciais ocasionados por diversas situações.

Então é de vital importância que depois de ter conhecido os benefícios da incorporação ao organismo das substâncias antioxidantes e com o objetivo de manter melhores hábitos de vida para uma vida mais plena e longeva, se faz necessário adequar nossos hábitos alimentarias, incorporando a nossa dieta diária os alimentos que podem contribuir a um aumento destas substancia ao organismo. Mas muitas vezes nossa dieta não apresenta a quantidade ou qualidade adequada para suprir as necessidades do organismo, nessas situações se faz de muita importância a complementação com um suplemento capaz de oferecer ao corpo os níveis indicados para melhores resultados. Mas lembre-se que sempre deve consultar ao medico antes de consumir qualquer tipo de substancia mesmo que seja natural.

 

Assine as Dicas Exclusivas de Saúde e Bem-Estar

Sobre Dra. Diliagni Tellez Matos 67 Artigos
Especialista em Clinica Geral, com Pós-graduação em Medicina Alternativa, cursos de Acupuntura, Terapia Auricular, Fitofármacos e Tratamentos Alternativos da Medicina Quântica. Membro da Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta