Campeão brasileiro buscou o Muay Thai para emagrecer e teve incentivo da mãe

Campeão brasileiro buscou o Muay Thai para emagrecer e teve incentivo da mãe

 

Luiz Antônio de Carvalho e Leventi Guimarães é um jovem atleta cuiabano, com origem simples e sempre bastante humilde. Começou aos 12 anos nas artes marciais com o Taekwondo. Naquela época, ainda se considerava “gordinho” e praticava mais com entretenimento e saúde, participou de poucos campeonatos. Anos depois, se interessou mais uma vez pelo esporte e conheceu o Muay Thai. Com treinos esporádicos, por conta dos estudos para o Enem e rotina de estudante, parou diversas vezes os treinos. Em 2017 e 2018 competiu no Campeonato Estadual e foi campeão duas vezes. Em outubro conquistou a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro realizando em Campo Grande (MS). Fora do tatami, luta para conseguir incentivo e viajar para o Mundial, marcado para março de 2019 na Tailândia. Na sede do contou um pouco de sua trajetória e em como o esporte mudou sua vida.

Confira os melhores trechos da entrevista:

Como você começou e, hoje, como concilia sua rotina de estudante de engenharia civil e atleta simultaneamente?

No meu caso, tenho que me organizar bastante. Tem hora que estou mais puxado pros treinos e outras para a faculdade. Comecei aos 12 anos com Taekwondo, que foi à arte que me fez gostar de luta de uma maneira geral. Inclusive o chute, quando ganhei a minha segunda luta no Campeonato Brasileiro em Campo Grande este ano, foi usando um chute de Taekwondo. Depois de ter ganho aplicando este golpe tive que agradecer meu mestre. No Muay Thai, como tenho pouco tempo de prática, ainda estou pegando o jeito.

Como serão os próximos passos para o Mundial?

Os próximos passos para o Mundial são muitos, isso inclui mais treinos. Nossa missão agora é conseguir reunir mais dinheiro para os custos da viagem. Estamos pensando em estratégias para que eu e outros atletas também consigam vaga para levantar essa verba. Estamos abertos a patrocinadores, empresas ou pessoas que queiram vestir a camisa e seguir incentivando o esporte. Vamos honrar o nome desses patrocinadores lá do outro lado do mundo, na Tailândia. É […]

LEIA TAMBÉM:  Dieta nórdica: aprenda a adaptar o cardápio dos vikings para o Brasil

 

Assine as Dicas Exclusivas de Saúde e Bem-Estar

Sobre Ben Popov 28 Artigos
Consultor de Marketing Digital e Marketing de Rede com mais de 18 anos de experiência. Fundador da AulaPlus - Marketing Digital e BlasterPhone Telecomunicações. Trabalha com Produtos Nutracêuticos desde 2017.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta