Coenzima Q10 – Benefícios, Como Tomar e Onde Comprar

 

 
Com o objetivo de oferecer para a população uma vida mais plena e saudável a área da saúde e dos cosméticos vem a cada dia se fortalecendo para alcançar tão sonhada meta. È esse o motivo pelo qual todos os dias encontraram-se infinitos produtos e novas tecnologias no mercado. Pois é! E existem alguns destes produtos que atualmente vem ganhando um lugar muito especial para todos aqueles que perseguem hábitos e estilos de vida saudáveis; um exemplo deles é Ubiquinona ou Coenzima Q10.

E não foi tão simples assim ganhar esse lugar, não. Este é um nutriente considerado como uma vitamina pelas suas características. Sendo sua presença no organismo essencial, a Coenzima Q10 é capaz de produzir mais energia no organismo. Trata-se de um elemento que ajuda na reconstrução celular e que também atua como um poderoso agente antioxidante. Independentemente de ser produzida de forma natural pelo nosso organismo, a Coenzima Q10 pode ser obtida através de alimentos e de suplementos.
 
 

Onde podemos encontrar Coenzima Q10?

A Coenzima Q10 pode ser incorporada ao organismo por meio de uma dieta rica em alimentos como frango, carne bovina e suína, cavala, sardinha, nozes, grão de soja (seco ou cru verde), pistache, brócolis, espinafre, óleos de soja, gergelim, milho e feijão.

A maior concentração de Coenzima Q10 em nosso organismo está em maior concentração em órgãos como coração, rins, cérebro e fígado.

 

Coenzima Q10 – Compre Aqui!

 

Para que é utilizada Coenzima Q10?

Existem estudos que comprovam sua eficiência em diversas funções importantes do organismo. A maioria da população conhece seu uso para emagrecer e como cosmético, mas na verdade ela tem essas e outras propriedades que torna-la fundamental para manter um bom estado de saúde; segundo estudos ela tem um importante papel como:

Antioxidante: Combate a ação dos radicais livres (elementos responsável pelo envelhecimento celular precoce). Eles podem ser altamente reativos e instáveis, capazes de desenvolver doenças degenerativas e destruir as células do organismo. Existem também alguns fatores externos que podem participar na aceleração desses processos, como é o abito de fumar, uma má cultura alimentaria, e a exposição prolongada ao sol sem uma adequada proteção, entre outras. Nesse caso, a complementação comum suplemento poderia ser uma ótima opção para combater os radicais livres.

LEIA TAMBÉM:  Ômega 3 - Benefícios, Como Tomar e Onde Comprar

Prevenção de doenças cardiovasculares: Além de proteger o coração é capaz de regular a sístole a diástole (movimentos de contração e relaxamento do músculo cardíaco). Mesmo que o corpo produza a Coenzima Q10, as quantidades são baixas para fazer a manutenção de algum problema que a possa desenvolver.

Ação anti-inflamatória: Alguns estudos comprovam a sua participação na prevenção e redução de processos inflamatórios.

È fundamental no processo de regulação do crescimento e diferenciação celular, contribuindo assim na prevenção de vários tipos de câncer.

Contribui no aumento de óxido nítrico no organismo que torna mais efetiva a ação endotelial provocando no organismo um efeito rejuvenescedor, dando a pele um aspecto mais jovem, reduzindo sinais da idade e flacidez.

Também contribui para a redução de colesterol ruim conhecido como LDL, e muito famoso pelo seu efeito sobre os vasos sanguíneos capaz de produzir placas de ateroma (gordura localizada nas paredes dos vasos).

Provoca um aumento da sensação de energia no corpo, contribuindo positivamente na prática de esportes. Isto acontece porque a coenzima Q10 tem uma importante participação na produção de ATP e na dilatação dos vasos sanguíneos permitindo assim um melhor fluxo do sangue e com ele uma maior irrigação dos músculos, levando a estes maior quantidade de oxigênio e nutrientes, ajudando também no processo de emagrecimento já que o organismo torna-se capaz de queimar as calorias de maneira mais eficiente.

Ela tem um importante papel em etapas do metabolismo que fazem queimar gorduras, ajudando assim no processo de emagrecimento. Mas lembre de que uma boa alimentação é fundamental, o uso do suplemento é só para suplementar sua dieta, esta nunca deverá ser substituída.

Participa positivamente em alguns processos de infertilidade. Todos sabem que quanto maior é a idade da mulher, são menores as possibilidades de engravidar, cientistas afirmam que uma das causa seja o déficit de energia dos óvulos da qual eles precisam para iniciar o processo de fecundação, energia que é produzida pelas mitocôndrias (estrutura celular) que com o passo dos anos elas tendem a perder a capacidade de produzir quantidades suficientes de energia. Estes cientistas acreditam que com o consumo deste nutriente poderia ser possível a regulação de energia nesta célula, e estudos mostram que uma célula com mais energia seria capaz de produzir óvulos com menos chances de desenvolver algum tipo de anomalia genética.

LEIA TAMBÉM:  Lecitina de Soja - Para que Serve, Benefícios e Onde Comprar

Outros estudos afirmam sua participação no auxilio na regeneração de vitamina C e E, e que também é utilizado para auxiliar na prevenção de doenças como Alzheimer e Parkinson, oferecendo proteção às mitocôndrias. È apontada como um diferencial utilizado no tratamento de fibromialgia.

 

Sintomas causados por déficit da Coenzima Q10

Alguns autores afirmam que a partir da terceira década da vida os níveis de coenzima Q10 começam a declinar, mesmo sendo produzida pelo nosso organismo. Existem ademais outros fatores como doenças cardiovasculares, fatores genéticos e uso de alguns medicamentos como as estatinas (usada para o tratamento do colesterol) que também podem influenciar no déficit da vitamina. Faz-se importante esclarecer que a Coenzima obtida por meio dos alimentos não é suficiente para suprir as necessidades do organismo, já que estudos mostram que o organismo é capaz de absorver só um 10% da vitamina presente na dieta, é por isso que se torna importante a suplementação de Coenzima Q10. Entre os sintomas mais frequentes aparecem em destaque:

  • Paralisias dos músculos oculares.
  • Fraqueza muscular.
  • Retardo mental.
  • Deformação da coluna vertebral.
  • Convulsões.

 

Efeitos colaterais

É de vital importância uma avaliação do paciente antes de consumir o suplemento devido a que em ocasiões pede produzir diminuição dos níveis de glucose no sangue, além da aparição de outros sintomas tais como desconfortos abdominais e dores de estomago. Esta exigência torna-se maior no caso de pacientes diabéticos. Alguns autores afirmam que doses maiores que 100 mg de Coenzima Q10 por dia pode ocasionar insônia leve. Dosagens excessivas, como 300 mg por dia e por um longo período, podem resultar em níveis elevados de enzimas no fígado e toxidade hepática.

Perda de apetite, enjoos e dores de cabeça também são alguns dos efeitos colaterais descritos em varias literaturas para quem não tolera à coenzima. Além de redução de pressão arterial e pequenas feridas na pele.

 

Contra-indicações

Os estudos sobre os efeitos da medicação ainda não foram completamente comprovados, mas existe sim, pacientes com hipersensibilidade a Coenzima Q10 nos quais ela é contraindicada. È ai a importância de acudir ao medico antes do consumo de qualquer sustância mesmo que seja de origem natural.

LEIA TAMBÉM:  Calvície (Perda ou queda do Cabelo) se tornou a maior epidemia mundial

Importante:

  • O consumo de Coenzima Q10 em pacientes diabéticos deve ser única e exclusivamente com ordem do médico.
  • Gestantes não devem fazer o uso do suplemento, a não ser por ordem expressa de um médico. O que dificilmente acontecerá devido a que existem estudos que mostram que as informações coletadas não são suficientes.

 

Como tomar Coenzima Q10?

Normalmente, a Coenzima Q10 é encontrada em cápsulas. Cada fabricante oferece uma recomendação para dosagens de consumo e sua melhor forma de como tomar, mas é indispensável que você busque uma orientação médica ou de seu nutricionista para o consumo da dose certa.

A dose usual do nutriente pode variar de 10 mg a 200 mg por dia, dependendo da necessidade. Esta varia de um paciente a outro, então, por favor, nunca tome a dose recomendada pela sua vizinha ou pela tia querida, é sempre indispensável a recomendação de um profissional qualificado.

O recomendado é que pacientes com algumas das seguintes afeções tomem doses maiores do suplemento. Mas isso só um medico é quem poderá determinar.

  • Alterações cardíacas
  • Fadiga muscular persistente
  • Baixa imunidade
  • Portadores de câncer (principalmente o câncer de mama)
  • Infertilidade
  • Portadores de Diabetes (embora os benefícios da Coenzima Q10 ainda não sejam um consenso e sempre com supervisão)

 

Conclusão

Então agora você tem uma ideia da importância do consumo de coenzima q10, e de seu importante papel nas diferentes funções do nosso corpo. È o meu dever lembrar que a função dos suplementos é precisamente essa (suplementar, que serve de suplemento para suprir o que falta), pois eles não devem nunca substituir a dieta – uma alimentação saudável é imprescindível para alcançar um bom estado de saúde. Mas, você pode sim se beneficiar com o consumo do suplemento e assim contribuir para uma melhor qualidade de vida. Mesmo que você seja considerada uma pessoa saudável é bom uma avaliação medica para determinar a dose diária a ser ingerida.

 

 

Assine as Dicas Exclusivas de Saúde e Bem-Estar

Sobre Dra. Diliagni Tellez Matos 67 Artigos
Especialista em Clinica Geral, com Pós-graduação em Medicina Alternativa, cursos de Acupuntura, Terapia Auricular, Fitofármacos e Tratamentos Alternativos da Medicina Quântica. Membro da Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta