Lecitina de Soja – Para que Serve, Benefícios e Onde Comprar

Lecitina de Soja - Para que Serve, Beneficios e Onde Comprar

 

O que é Lecitina de Soja?

A lecitina de soja é uma gordura natural retirada durante a produção do óleo de soja que contém um importante composto de muito beneficio para a saúde do organismo chamado colina. Nesse óleo de soja é que encontramos a lecitina, formada por fofos lipídeos e por um ou mais ácido graxo coligado com outros nutrientes como a colina, inositol, cálcio, fósforo, vitamina E, entre outros. A lecitina de soja é composta principalmente por 3 tipos de fosfolipídios: a fosfatidilcolina, a fosfatidiletanolamina e a fosfatidilinositol. Também apresenta óleos essenciais como o ácido linoléico e linolênico, conhecidos como ômega 3 e 6.

A lecitina de soja pode ser encontrada facilmente em alimentos como margarinas, leite em pó, massas, chocolates, biscoitos, sorvetes, e doces e até mesmo na indústria de cosméticos como as pomadas e cremes.

Mas afinal, para que serve a lecitina de soja? Quais são os riscos associados ao seu uso? De que forma consumir?

 

Para que serve a lecitina de soja?

Várias bibliografias descrevem as numerosas vantagens do uso da Lecitina de soja, pois tem sido usado para diferentes tratamentos, entre os quais se destacam:

• Regular a produção hormonal;
• Aliviar os sintomas da menopausa;
• Combater a dor de cabeça, por ser rica em ômega-3 e ômega-6;
• Combater o colesterol alto, por estimular o metabolismo das gorduras;
• Manter a saúde do fígado e evitar o acúmulo de gordura;
• Melhorar a memória e estimula o cérebro, por conter colina;
• Aumenta o metabolismo, auxiliando na perda de peso;
• Melhora a memória em caso de Alzheimer;
• Reduz o colesterol, diminuindo o risco de doenças cardiovasculares;
• Melhora o desempenho físico de alguns atletas ajudando a diminuir a fadiga e o cansaço.

LEIA TAMBÉM:  Maca Peruana 100% Natural - O Poder de Aumentar a Libido e a Fertilidade

Redução do Colesterol: Este é descrito como o principal benefício da lecitina de soja reduzir o colesterol ruim! Essa redução ocorre porque ela age como emulsificante, dissolvendo as gorduras e evitando que placas lipídicas se formem nos vasos e artérias. Dessa forma, a lecitina de soja reduz o colesterol ruim e diminui o risco de infarto e derrames.

Auxilia a saúde mental: Recentes pesquisas científicas têm demonstrado que a lecitina de soja tem a capacidade de melhorar a memória, por meio de estímulos ao cérebro. Em outras palavras, ela ajuda a diminuir a perda da memória relacionada ao envelhecimento, podendo ser usada para tratar distúrbios de memória como demência e doença de Alzheimer.

Tendo em conta os benefícios que ela oferece para a memoria acho melhor você comprar agora ante de que esqueça né!

 

Lecitina de Soja – 60 Cápsulas

 

Emagrecimento: Considerada um termogênico natural capaz de acelerar o metabolismo daquele que a consome. Oferecendo como resultado um maior gasto calórico, contribuindo, assim, para o emagrecimento. Mas os estudos afirmam que é preciso ter uma alimentação equilibrada, aliada a prática regular de exercícios físicos para que você consiga algum resultado satisfatório

Redução dos efeitos da menopausa:

• Diminuir as ondas de calor;
• Reduzir o ressecamento vaginal;
• Melhorar a libido;
• Controlar as alterações hormonais;
• Diminuir a perda óssea, que pode levar à osteoporose;
• Combater a insônia.

A lecitina de soja é um importante aliado à saúde da mulher, isto porque ajuda a aliviar os sintomas da menopausa, como a diminuição das ondas de calor. Além disso, ela ajuda a regular a produção hormonal, o que contribui para amenizar as dores excessivas provocadas pela menstruação. Por ter uma considerável influência na produção hormonal já que é capaz de sintetizar um componente importante, que se chama isoflavona, que é um fitoestrogênio.

LEIA TAMBÉM:  Como Aumentar a Testosterona - Conheça os Suplementos mais Usados

O que isso significa? Simples: fitoestrogênio é um produto de origem vegetal que tem a estrutura química muito parecida com a do estrogênio, que é o hormônio feminino, produzido pelos ovários das mulheres. Esta substancia possui princípios ativos capazes de compensar a falta dos hormônios estrogênio, que está em falta na menopausa, por isso o seu benefício é tão visível nesta fase da vida, reduzindo alguns incômodos, como a instabilidade emocional, as ondas de calor, a insônia e a obesidade. Além disto, este fitoterápico tem outros benefícios, como aliviar os sintomas de TPM, combater a dor de cabeça tão frequente neste período.

Melhor funcionamento do fígado: Se descreve que ela é capaz de quebrar as partículas de gorduras presentes no organismo, contribuindo no melhor funcionamento do fígado.

Atua no processo da digestão: A lecitina de soja pode contribuir para a melhoria da digestão, isto porque como foi explicado anteriormente ela é capaz de quebrar as partículas de gorduras presentes no organismo, ajudando para um melhor funcionamento do sistema digestivo.

Auxilia a saúde da pele: Autores afirmam que o mecanismo de ação é o mesmo descrito como consequência a quebra das partículas de gorduras, a lecitina de soja é capaz de eliminar grande parte das impurezas que a nossa pele absorve. Sendo capaz de melhorar e prevenir problemas de acne e algumas outras alterações cutâneas.

 

Como tomar a lecitina de soja?

A lecitina de soja pode ser encontrada em cápsulas, em pó e granulada.

A dose recomendada de lecitina de soja por dia varia entre 0,5g até 2g, sendo, geralmente, é indicado o uso de 2 cápsulas, 3 vezes ao dia, durante as refeições e com um pouco de água, porém é necessário consultar o médico ou um nutricionista antes de começar a utilização do suplemento, pois existem algumas condições nas quais ela esta contraindicada. O consumo em excesso pode trazer algumas complicações, como náuseas e perda do apetite.

LEIA TAMBÉM:  Colágeno - O que é, Benefícios do Colágeno

 

Contra indicação da Lecitina de Soja

  • A lecitina de soja não pode ser consumida por mulheres gravidas;
  • Deve ser evitado seu uso durante a amamentação;
  • Pessoas alérgicas a soja também não devem consumi-la.

 

Efeitos colaterais da lecitina de soja

  • Reações alérgicas fundamentalmente em pacientes alérgicos à soja;
  • Pode causar diarreias, náuseas e dores abdominais além de queda da pressão arterial;
  • A lecitina de soja pode interagir com o Diclofenaco.

 

Conclusões

As pesquisas apontam, portanto, que o consumo diário da soja é seguro. Claro que todo alimento deve ser consumido com moderação e sem exageros. Mesmo até os mais saudáveis. Também é importante, manter uma alimentação variada todos os dias para que possamos aproveitar ao máximo as diversas qualidades nutritivas específicas de cada um dos alimentos consumidos. Manter uma dieta saudável permite que o nosso próprio organismo seja capaz de sintetizar a lecitina, função que ocorre especificamente no fígado quem é responsável pelo processo de sínteses. Mas se você não tiver uma dieta balanceada pode ser de importância para sua saúde consultar o seu medico, ou nutricionista para avaliar a passibilidade do uso do suplemento. Lembre que manter bons hábitos de vida faz com que tenhamos uma vida mais plena e saudável.

 

Assine as Dicas Exclusivas de Saúde e Bem-Estar

Sobre Dra. Diliagni Tellez Matos 67 Artigos
Especialista em Clinica Geral, com Pós-graduação em Medicina Alternativa, cursos de Acupuntura, Terapia Auricular, Fitofármacos e Tratamentos Alternativos da Medicina Quântica. Membro da Associação Brasileira de Terapeutas Holísticos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta